27/06/11

Romântico? Naaahhhhhhh

Amor é:

O homem sentado na sua varanda de casa a beber uma cerveja ao lado da mulher e dizer ...
"adoro-te",
ao que a mulher responde ...
"isso já é a cerveja a falar"
Ao que ele responde ...
"Não ... sou eu a falar com a cerveja."
Este é o conteúdo de um e-mail que recebi do meu marido :)

25/06/11

Paciência de pai

Gabo-te a paciência.
Em 5 anos de patenidade (sim, porque a gravidez também conta) andas há três a lutar contra a resistência da princesa à agua/piscina/praia/ondas...
E antes que o "mal" se alastrasse ao pequeno JL, lá conseguiste apanhar a Lu na curva.

Acredito que seja mesmo uma alegria tremenda para um pai algarvio marafade contemplar, no mesmo dia, a filha a brincar na água do mar (resitindo às minúsculas ondas) e ainda vê-la comer sardinha assada no pão com toda aquela satisfação. Como tu mesmo dizes, é muito para um coração de pai :

Filha, estás pronta pra te fazeres a caminhos de sul :)

E sim, é lindo ver os 3 a brincar na água, a "fazer" castelos e com brincadeiras já muito vossas.
Pode ser que um dia eu também alinhe. Até lá, gosto de vos ver. Adoro :)))

24/06/11

Estrelinhas

Há já uns aninhos fiz uma tatuagem que tem um significado gigantesco na minha história de vida...
Hoje, passados 9 anos, aqui está mais um desenho que "decora" um pouco mais o meu livro :)

3 estrelas maiores.
E algumas mais pequenas, mas ainda muito importantes,
que compoem o meu céu, a minha vida :)


E não fica por aqui.
A terceira (e última) há-de ser  feita antes de virar uma página importante e iniciar um novo capítulo. Ao que parece está para breve.
So... "To be continued"

21/06/11

Agora este...

Vale mais. Ao que consta, 18 milhões.
Para já, o valor vai no total para a - ainda desconhecida - competência. Porque de estilo..... hum, temos que esperar mais um pouco



para ver se há, realmente!

(nota: veste um fato e treina o sorriso em casa. Se não, o Villas Boas continua a ganhar-te. Aos pontos!)

20/06/11

Todos temos um preço...

O dele é 15 milhões de €.
10 milhões pelo estilo. Os outros 5 pela competência...




Eu ia por menos três zeros. Ou quatro...
Mas isso sou eu. Que não valho o que ele vale :)

A par do novo Governo

- Mãe, sabes, a Ana (da escola) não sabia que agora temos o Pedro Passos Coelho...

19/06/11

Irra...


... que tu mais pareces um pião.

Parece que te dão corda de manhã e só para à noite, à hora em que aodrmeces para - supostamente - recarregar a bateria!



Haja paciência. E estofo para aguentar essa tua pedalada...!

18/06/11

Foi bom...

... pôr-te a par da situação e ouvir frases de encorajamento como "segue o melhor caminho para ti", "vocês merecem uma oportunidade como essa" e " eu hei-de aprender o caminho".



A tua opinião e apoio são fundamentais para mim.
Obrigada, Mãe, do fundo do coração.

17/06/11

mais um passinho...

... e parece que o caminho se está a compor.

Já começa

a saga de ver os outros ir de férias e sentir aquele bicharoco amarelo às pintas verdes, gorduroso e mal cheiroso chamado inveja tomar conta de mim.

Mas desta vez, a primeira a ir merece esse descanso.
Pelo que tu trabalhas, mulher, devias ter 2 períodos de 5 semanas por ano... Deixa que eu tomo conta do nosso estaminé


Boas férias, Mafs :)

15/06/11

eqilibrio


Sentimentalismos à parte - ou não - acho triste o fraco investimento pessoal que hoje em dia se faz nas relações.
Um casamento antigamente era para a vida toda. E gosto de pensar assim. A menos que a relação fosse um martírio e a convivência uma tortura, claro. Mas agrada-me a ideia de estar com alguém por muito tempo.
Estou casada há 6 anos e não acho muito. Mas ao mesmo tempo que não é nenhuma fartura, tenho à minha volta casos que nem em sombras se aproximaram desse tempo.
A convivência é realmente complicada, exige cedências de parte a parte. Mas será certo voltar costas a tudo às primeiras adversidades? Sair porta fora quando as coisas não correm como queríamos numa situação ideal?

Exige que se encontre um ponto de equilíbrio. E se consiga contra-balançar às correntes de ar que se atravessam nas nossas vidas...

Rectifico. Com muito sentimentalismo.
... conseqência de estar "pixonada", hahaha

É o que eu quero para mim, para ti, para nós...

Destino, Fado, Sina... eu sei lá

Acredito no Destino (sim, Destino com “D” maiúsculo porque além de acreditar tenho-lhe muito respeitinho).
E quer-se-me parecer que o Destino me está a reservar uma jogada feliz.
Implicaria uma mudança de 180º na minha vida e na de todos aqueles que me acompanham, que partilham comigo alguma coisa.

Parece-me bem. Muito bem.
Vamos então dar tempo a ver se o Destino se confirma…


"Tita"

A Tia ganhou um novo nome. Não é tia, é Tita…

Tita para cá, Tita para lá, gargalhadas com a Tita…
Queres ver que a tia vai ganhar uma alcunha?

13/06/11

Criança de signo...

... Balança:
Há poucas crianças tão adoráveis: simpático e desejoso de agradar é um prazer para qualquer pai.
Um conselho:não dê uma escolha a uma criança Balança. Fica ali até de manhã a decidir se quer maçã ou pera à sobremesa.
Outro conselho: discuta longe dele. Não há nada que mais odeie que gente zangada.
E ainda outro: encha-lhe a vida de coisas bonitas. Leve-o a museus, ofereça-lhe livros, ajude-o a decorar o quarto a seu gosto.

... Leão:
Tão confiantes e tão difíceis de deducar... Por um lado podem ser tão mimados que se tornam agressores, mas se forem muito criticados podem achar que são falhados. Os pais têm que educar um Leão para o amor e o optimisto mas com os limites bem postos. Ensinar a humildade, a compaixão e a empatia a um leãozinho com tendência a subestimar os outros é um desafio a que os pais não devem voltar as costas. Mas se conseguirem criar um leão alegre, a acreditar em finais felizes e com a sabedoria suficiente para ter percebido e aceitado que nem toda a gente pensa como ele já terão cumprido a sua missão na Terra.

Li isto e encontrei cada um dos meus filhos aqui.
Ela, a doçura.
Ele, o terrorista.
Vamos ver o que o futuro nos reserva. Saúde para cada um deles é o que peço. O resto logo se conquista :)